Festival Periferias regressa a Sintra pela sétima vez

0
25

Começou no dia 1 de março, a 7º edição do Festival Periferias, artes performativas no concelho de Sintra que decorrerá até ao dia 11 de março. Este ano o destaque do Festival irá recair na lusofonia, nos novos talentos nacionais e internacionais, na união de povos e culturas.

Irão realizar-se espetáculos de teatro, música ao vivo, dança, marionetas, exposições e até, pela primeira vez, oficinas para crianças e jovens com necessidades especiais.

Também serão vários os locais onde o Festival terá lugar, não só será na tradicional Casa de Teatro de Sintra, do MU.SA (Museu de Artes de Sintra), e nas ruas da vila de Sintra, como no Centro Cultural Olga Cadaval e no Palácio de Queluz, que será palco de uma homenagem à ópera da autoria do grupo Inestética, vindo de Vila Franca de Xira.

O conceito Periferias expressa a vontade de criar novas fronteiras para quem está na ponta dos territórios, como acontece com Sintra, e com outros países fora de Portugal como, Guiné Bissau, Cabo Verde, Brasil e Espanha. Um festival com o intuito de unir povos em Sintra, olhando assim para as periferias.

No âmbito da formação, uma oficina de inclusão para crianças e jovens com necessidades especiais, levado a cabo por formadores regulares no serviço educativo da Fundação Calouste Gulbenkian será também uma das novidades da edição deste ano.

O Festival Periferias é fruto da associação Chão de Oliva, Centro de Difusão Cultural em Sintra, com o objetivo de ser um tempo e um espaço na configuração de um arquivo da produção teatral das regiões periféricas dentro e fora de Portugal que tem prioridade, nesta última geografia, para os países de língua portuguesa.

– A programação completa está em: https://www.chaodeoliva.com/periferias/periferias-2018

– Local: Sintra – Casa de Teatro, Mu.sa & outros locais

– De sessões Gratuitas a sessões de 7,50€/12€