A autarquia de Sintra vai intervir em 12 escolas da União de Freguesias de Sintra, um investimento de cerca de 1,5 milhão de euros nos próximos dois anos, melhorando assim a qualidade dos estabelecimentos de ensino de milhares de crianças.

O presidente da Câmara Municipal de Sintra, Basílio Horta, referiu durante a visita à Escola EB1 de Manique de Cima, que “os 278 mil euros de investimento nesta escola que está a ser alvo uma profunda remodelação, garante uma educação de qualidade para as nossas crianças. Investir nas escolas é investir na educação”.

O plano de intervenção para as 12 escolas da freguesia passa pela conservação e reabilitação dos edifícios para inverter a trajetória de décadas sem conservação de forma a garantir boas condições de funcionamento, devolver aos edifícios as suas características originais, garantido a estanquidade e as condições de conforto dos mesmos e a remoção de coberturas em fibrocimento.

A requalificação energética de edifícios é outra das prioridades para garantir mais conforto e reduzir a fatura energética. Com o objetivo de contribuir para a melhoria do conforto térmico dos edifícios escolares, estão previstas as seguintes medidas: isolamento exterior, substituição de caixilharias, colocação de painéis fotovoltaicos e painéis solares térmicos e aquecimento a biomassa.

No que diz respeito à requalificação de cozinhas, interessa garantir a segurança alimentar através da remodelação e ampliação das cozinhas e substituição de equipamentos obsoletos.

Os logradouros inadequados a atividades desportivas e lúdicas, a inexistência de equipamentos lúdicos e mobiliário urbano, a ausência de zonas de sombra, o mau estado geral dos pavimentos e equipamentos existentes e problemas de drenagem, fazem da requalificação de logradouros, uma das prioridades de modo a criar melhores condições de utilização dos recreios.

Recorde-se que o Plano de Investimentos nas Escolas de Sintra foi apresentado em março de 2018 e prevê a intervenção em 98 escolas, abrangendo mais de 30 mil alunos, até 2021, e, nos próximos dois anos, vai permitir intervir em 49 escolas, num investimento total de cerca de 20 milhões de euros, dos quais 3,250 milhões de fundos comunitários.

2018

IntervençãoEscolavalorsituação
Conservação e

beneficiação

Abrunheira37.000 € A iniciar brevemente
Várzea de Sintra120.000 €A iniciar brevemente
Requalificação energéticaManique de cima148.000 € Em execução
Requalificação

de cozinhas

Manique de Cima108.000 € Em execução
Requalificação

de logradouros

Portela de Sintra6.000 € Em execução
Manique de Cima21.000 € Em execução
440.000 €

 

2019

IntervençãoEscolavalorsituação
Conservação e

beneficiação

Lourel180.000 € Em preparação
Portela de Sintra140.000 € Em preparação
D. Carlos I50.000 € Em preparação
Galamares65.000 € Em preparação
Requalificação EnergéticaLinhó209.000 € Em preparação
Requalificação

de logradouros

Abrunheira54.000 € Projeto aprovado
Várzea de Sintra31.000 € Projeto aprovado
Galamares20.000 € Em preparação
Requalificação

de Cozinhas

Linhó107.000 € Em preparação
Portela de Sintra80.000 € Em preparação
Lourel90.000 € Em preparação
1.026.000 €

 

 

Fonte: CMS